Divulgação do Calendário de Rastreios 2021 da Liga das Associações Mutualistas do Porto

 

 

Exmos. Srs. Associados,

 

Informamos que a Liga das Associações Mutualistas do Porto – Federação Mutualista, da qual a Previdência Familiar do Porto-A.M. é Co-Fundadora, tem procurado diversificar a oferta tendo implementdo um calendário de rastreios anual.

 rastreios

Assim, a partir do mês de Maio irão começar a ser desenvolvidos os seguintes rastreios, que deverão ser agendados através do nº 22 339 54 90:

 

Outras informações:

  

22 339 54 90 / 22 491 59 43

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

, respondendo à necessidade dos seus utentes.

 

Assim, a partir de 15/02/2021 iremos ajustar o preço e disponibilizar os seguintes serviços:

 

·         Realização de Testes serológicos à COVID-19, devidamente certificados pelo INFARMED, através de marcação e com um custo de 15€;

 

·         Realização de Testes rápidos à COVID-19 com Zaragatoa, devidamente certificados pelo INFARMED, através de marcação e com um custo de 20€ (NOVO PREÇO );

 

·         Realização de Testes rápidos à COVID-19 com Zaragatoa ao Domicilio , através de marcação, com um custo de 20€ acrescido de 10€ para deslocação (até 30Kms), 15€ (entre 30 e 50Kms);

 

·         Realização de Testes rápidos à COVID-19 através da Saliva devidamente registados no INFARMED, através de marcação com custo de 20€.

 

·         Venda pela farmácia da Liga de Testes rápidos à COVID-19 através de amostra nasal registados no INFARMED e que os utentes poderão realizar a eles próprios em sua casa, com um custo de 20€.

FicheiroTamanho do ficheiro
Fazer download deste ficheiro (Rastreios Liga - Calendario.pdf)Rastreios Liga - Calendário547 Kb

Divulgação de Novos Preços e Serviços

 

 

Exmos. Srs. Associados,

 

Informamos que a Liga das Associações Mutualistas do Porto – Federação Mutualista, da qual a Previdência Familiar do Porto-A.M. é Co-Fundadora, tem procurado diversificar a oferta, respondendo à necessidade dos seus utentes.

 

Assim, a partir de 15-02-2021 a Liga das Associações Mutualistas do Porto irá ajustar o preço e disponibilizar os seguintes serviços: 

 

  • Realização de Testes serológicos à COVID-19, devidamente certificados pelo INFARMED, através de marcação e com um custo de 15€;
  • Realização de Testes rápidos à COVID-19 com Zaragatoa, devidamente certificados pelo INFARMED, através de marcação e com um custo de 20€ (NOVO PREÇO);
  • Realização de Testes rápidos à COVID-19 com Zaragatoa ao Domicilio, através de marcação, com um custo de 20€ acrescido de 10€ para deslocação (até 30Kms), 15€ (entre 30 e 50Kms);
  • Realização de Testes rápidos à COVID-19 através da Saliva devidamente registados no INFARMED, através de marcação com custo de 20€.
  • Venda pela farmácia da Liga de Testes rápidos à COVID-19 através de amostra nasal registados no INFARMED e que os utentes poderão realizar a eles próprios em sua casa, com um custo de 20€.

 

Marcações e informações:

  

22 339 54 90 / 22 491 59 43

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

, respondendo à necessidade dos seus utentes.

 

Assim, a partir de 15/02/2021 iremos ajustar o preço e disponibilizar os seguintes serviços:

 

·         Realização de Testes serológicos à COVID-19, devidamente certificados pelo INFARMED, através de marcação e com um custo de 15€;

 

·         Realização de Testes rápidos à COVID-19 com Zaragatoa, devidamente certificados pelo INFARMED, através de marcação e com um custo de 20€ (NOVO PREÇO );

 

·         Realização de Testes rápidos à COVID-19 com Zaragatoa ao Domicilio , através de marcação, com um custo de 20€ acrescido de 10€ para deslocação (até 30Kms), 15€ (entre 30 e 50Kms);

 

·         Realização de Testes rápidos à COVID-19 através da Saliva devidamente registados no INFARMED, através de marcação com custo de 20€.

 

·         Venda pela farmácia da Liga de Testes rápidos à COVID-19 através de amostra nasal registados no INFARMED e que os utentes poderão realizar a eles próprios em sua casa, com um custo de 20€.

Comunicação

 

Caros Colaboradores, Associados, Utentes e Famílias.

 

Atendendo às medidas adotadas pelo Governo Português que restringem a deslocação de pessoas e o funcionamento de serviços e à necessidade de todos devermos contribuir para conter a epidemia do COVID-19, os serviços de atendimento presencial da Previdência Familiar do Porto e da CES estarão encerrados ao público, temporariamente, até nova ordem.

Lamentamos todos os incómodos causados mas, neste momento, a prioridade absoluta é a da segurança da Comunidade em geral.

Nesse sentido, efetuaremos atendimento telefónico (225 371 108), electrónico ( Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ) e por outras vias (Facebook, Site Internet), entre as 9h e as 15h dos dias úteis da semana.

Procuramos, assim, evitar deslocações sucessivas e reduzir a possibilidade de exposição ao vírus, quer dos nossos Colaboradores, quer dos nossos Associados, Utentes e Familiares.

O Serviço de Apoio Domiciliário, enquanto necessidade absoluta de conforto e bem-estar dos nossos Idosos, manter-se-á sem quaisquer alterações, para além da adoção de medidas de proteção mais sustentadas e inseridas no cumprimento do Plano de Contingência elaborado.

Todas as urgências devidamente comprovadas serão acompanhadas e tratadas. Via telefónica ou outra, e mediante exposição da situação, poderão, excecionalmente, realizar-se marcações para atendimento.

A Previdência Familiar do Porto assegura agora, mais do que nunca, a sua Missão de prestar serviços de apoio social, saúde e educação/formação, promovendo a qualidade de vida e bem-estar dos seus Associados, Utentes, Famílias e Comunidade geral.

Cabe a todos combater esta epidemia que, se não for travada, terá consequências graves para a sociedade.

Faça parte deste esforço. Evite deslocações, mantenha a distância social recomendada.

Adote as medidas emanadas do Governo e da Direção Geral de Saúde.

 

Porto, 15 de janeiro de 2021